informe-se com a sulfite

Água Mineral Bamboo chega ao mercado com diferenciais na composição


19 de Novembro de 2015

É no interior da cidade de Antônio Prado, junto a capela de São Roque que encontra-se uma fonte de água pura e cristalina. Ali está situada a Hidromineradora São Roque, responsável por envasar a Água Mineral Bamboo, diretamente da fonte. A empresa que localiza-se em uma área de mata preservada de 16 hectares, iniciou as atividades a cerca de quatro meses. Todo o processo é automatizado e ocorre sem o contato humano, além de contar com um rígido controle físico-químico.

A fonte está acomodada em um poço de 100 metros de profundidade e protegida pelas montanhas da Serra Gaúcha, que chegam a 850 metros de altitude. Desta forma, a composição da Bamboo é extremamente pura, tornando-a leve e digestiva, com concentração de sais minerais em quantidades ideais para fins nutricionais, além de apresentar elementos com propriedades benéficas para a saúde.

Ressalta-se ainda que a formação geológica do local cria um filtro natural que mantém a essência da água inalterada. Assim, as rochas vulcânicas da região possuem uma composição geológica especial, com o predomínio de minerais ricos em cálcio, magnésio, potássio, bicarbonato e silício.

“O grande destaque da Bamboo é a alta concentração de silício conhecido como o mineral da beleza e responsável pela maciez da pele, cabelos, dentes fortes, unhas e ossos resistentes, também ajuda no combate as cáries e a osteoporose. Estas propriedades conferem a água uma característica hidroquímica única no Brasil.”, destaca o Diretor Executivo, Elias Riva. Além de rica em silício a água mineral possui PH neutro e baixo teor de sódio.

O projeto da indústria, desenvolvido pela arquiteta Doris Baldissera, foi criado com a intenção de relacionar-se com a mata do entorno, que se apresenta pela forma da estrutura metálica. Neste sentido, a caracterização da construção tem inspiração no crescimento irregular das araucárias, formando telhados de diferentes tamanhos e angulações, assim como os galhos dessas árvores.

As embalagens da Água Mineral Bamboo possuem design próprio e arrojado, elaborados para os diferentes estilos de vida dos consumidores: 330ml – com ou sem gás (ideal para levar na bolsa); 510ml – com ou sem gás (perfeita para praticar esportes); 1,5L – com ou sem gás (cabe direitinho na geladeira) e 6L – sem gás (para toda família beber).

Mais informações sobre a Água Mineral Bamboo podem ser obtidas por meio do site www.aguamineralbamboo.com.br ou pela fanpage: www.facebook.com/aguamineralbamboo.

 

Abaixo, segue tabela com a composição química da água (mg/l):

COMPONENTE

 

QUANTIDADE (MG/L)

Bicarbonato

79,67

Cálcio

13,81

Sódio

11,89

Magnésio

2,62

Potássio

1,41

Silício

34,56

Estrôncio

0,017

Zinco

0,053

Sulfato

0,49

Fluoreto

0,22

Cloreto

0,87

 

*Crédito da imagem: Divulgação.



Tags: Sulfite, Assessoria de Imprensa, Bamboo, água mineral, diferenciais, silício, minerais




Informe-se com a sulfite comunicação e eventos